Publicado por: Diéfersom | 04/03/2009

Anime em TV Aberta

Há muito, muito tempo atrás na longínqua década de 90 havia um canal adorado por muitos: a Rede Manchete. Mas o que ela possuía de tão especial? O que fazia com que as pessoas, em especial os mais jovens, gostassem dele? ‘Desenho’ japonês.

Pensando hoje chega a ser até engraçado: um canal que passava anime dublado e tinha como base as versões espanholas do mesmo. E não era só isso, passava animes da “moda”. Hoje essa combinação – TV aberta, anime, dublagem, moda, corte – é odiada por muitos fãs de animação japonesa.

O que houve? Simples, são pessoas que não querem ver as crianças de hoje brincando de ninja na rua e falando: ‘Jutsu multi-clone das sombras’… Essas são as pessoas que se esqueceram que uma geração inteira brincou de Cavaleiros do Zodíaco dizendo: ‘Eu sou o Ikki! Ave Fênix!’. Uma geração que ficou mais de dez anos conhecendo apenas as vozes dubladas de seus personagens favoritos e que demorou o mesmo tempo para poder ouvir a música original japonesa da animação. Uma geração que demorou uma década para poder ver os animes que tivesse vontade e não apenas os que passavam na TV Aberta.

Porque criticar a atual geração por fazer as mesmas coisas que fazíamos? mIRC, torrent, rmvb, mkv, mp4, tracker… Talvez para algumas pessoas da geração 00 ainda seja complicado lidar com esse tipo de informação. Algum problema? Nenhum…

O problema é criticar a vinda de um anime para o Brasil com medo que vire “modinha” aqui também; criticar a dublagem porque a voz não é igual à original, porque o nome não foi pronunciado igual à dublagem japa, ou criticar quando o nome É pronunciado igual e deveria ser aportuguesado… Esse medo é muito mais de repartir uma boa série com as outras pessoas… “Eu já assistia anime ‘Y’ antes de virar modinha!’ é ostentado como um orgulho. Pode ser, parabéns para você que teve a ‘sensibilidade’ de assistir um anime que já era moda no Japão antes de virar moda aqui…

Paradoxos, paradoxos.

Algumas críticas são bem feitas. Cortes medonhos sendo feitos para que animes de adolescentes sejam exibidos para crianças. Discordo plenamente disso, é algo que deveria ser revisto pelas emissoras, sim!

Traduções mal feitas para ataques, nomes, e etc… pouca pesquisa sobre os personagens antes de escolher uma voz. Também sou contra. Porém, que boa parte da geração Manchete se volte contra animes em TV aberta é cuspir no prato que se comeu. Simplesmente olhamos esses animes famosos e dublados antes dessa geração, e hoje por sabermos baixar animes logo quando são lançados no Japão vamos criticar a TV Aberta que nos proporcionou as primeiras experiências com animação japonesa?

Fonte da imagem:2.bp.blogspot.com/_ysasRhWfigM/SAjF0etGq2I/AAAAAAAAFaU/ycFMk6JTu9o/s320/Emissoras.bmp

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: