Publicado por: Diéfersom | 05/11/2009

[Review] Saikano

Chise e Shuuji subindo o ladeira (Capa do Ova)

 

Recomendações, sempre elas. Saishuu Heki Kanojo, ou Saikano para os mais chegados, é um anime de romance/drama/colegial. 13 episódios, ova com 2 episódios, um live action.

Os personagens. Pois bem, são eles Shuuji e Chise. O primeiro, um cara calado porém companheiro. A segunda, uma menina frágil, mesmo, tímida, pequena e “bonitinha”. Ambos vão para a escola juntos subindo sempre a mesma ladeira, Shuuji um pouco à frente, e Chise penando para alcançá-lo, já que cansa muito facilmente. Temos o ‘primeiro tom’ deste anime. Nesse panorama ultra normal começa um relacionamento. A pequena se declara para Shuuji que acaba, sabe-se lá porquê, correspondendo.

Porém, tão logo começa o romance ocorre um estranho ataque militar na cidade em que a história se passa. Esse conflito dá o ‘segundo tom’ da história em que o Japão se encontra num conflito de proporções gigantescas, aparentemente uma espécie de Terceira Grande Guerra.

A história, em seus treze episódios, trata com estes dois tons se entrelaçando e formando um complexo panorama. Hora vemos o doce e inocente relacionamento de Shuuji e Chise. Hora vemos Chise se transformar em uma bio-arma super-ultra-mega-power-must-destruidora e tendo que abdicar de muitas coisas para ‘defender’ seu país e seus soldados. Isso mesmo, de algum modo oculto Chise possui em seu corpo uma tecnologia que a faz ser a ‘Arma Final’.

Chise, a super-ultra-master-megaton ‘Arma Final’

A parte psicológica e sentimental são muito bem trabalhadas. Proteger seu sentimento ou a nação? Pensar em si e no seu amado ou em milhões de pessoas? Continuar namorando uma ‘arma’ ou seguir em frente?

os sentimentos vão aflorando, o drama se atenuando, a confusão de pensamentos passa a ser uma constante.

A história é interessante, se desenvolve de uma forma muito lenta ao meu ver. Para quem gosta de questões sentimentais bem trabalhadas pode gostar muito deste anime. Eu adoro o elemento psicológico e sentimental sendo explorado, mas achei que o ritmo não ficou tão coeso com o roteiro, número de episódios e com as situações postas. É um anime que, analisando friamente, é bem feito e faz frente à sua ‘fama’. Mas de algum modo na minha particular visão ficou devendo em alguma parte que eu não sei definir. Tanto que eu havia visto esse anime há meses atrás mas realmente não lembrei. Faltou alguma coisa prá ser um anime que ficasse marcado na minha mente como um belo drama romântico.

Por ser curto, vale à pena dar uma conferida.

Aliás, os Ovas são um show à parte. Mesmo sendo uma história paralela à do anime, ou seja, diferente do mesmo, achei que o drama da Chise foi melhor trabalhado nestes dois episódios do que nos treze episódios da série regular. Mas é apenas uma opinião.

Cenas do filme

p.s1 – É interessante ver um anime que trata de questões tão sérias com um traço simples. Fica um contraste interessante ver o desenho quase infantil dos rostos em meio à temas tão sérios.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: