Publicado por: Diéfersom | 28/12/2009

[Review] Astro Boy – filme

Desde as primeiras imagens e trailer eu não estava muito confiante sobre esse filme. De algum modo parecia americanizado demais. Talvez fosse impressão. Pensei que seria quase impossível estragar um clássico desses, a história é ótima sem ser impossível de se recriar em uma hora e meia. Nada podia dar muito errado.

Assisti ontem o longa. Alguns conceitos básicos estão lá. Dr. Tenma perde o filho e tenta criar um andróide com as mesmas feições e lembranças. Ok. Mas cadê o vilão Tenma? Cade um Astro sem lembranças de seu passado e de seu criador? Cade a ligação entre ele o Ochanomizu? Cade a questão tão bem trabalhada do ‘coração’ (kokoro) de Astro?

Transformaram uma ótima história de sentimentos, coração, humanidade em um filme que mais lembra as dezenas de animações norte-americanas que vemos. As próprias piadas são bem similares. Nada contra, pelo contrário. Porém, alteraram o clima de Astro Boy.

Obviamente como a maioria dos brasileiros não tenho acesso aos mangás da série, mas tive contato com o anime produzida nos anos 2000 e o novo mangá em três volumes também seguindo esta linha. Quanto à estas referências o filme perdeu muito ao tentar transformar Metro City em uma cidade flutuante alternativa à superfície terrestre já bastante alterada ambientalmente. Cria-se um foco que compete com a história de Astro. A rejeição do povo da superfície pelo povo de Metro City e vice-versa. Sendo que nas séries Astro vai para o colégio e tudo mais tendo alguns de seus dilemas ali.

Criaram um vilão desnecessário e sem carisma nenhum. O Dr. Tenma como vilão da série dando o clássico ar de dúvida à Astro e ao expectador seria muito mais interessante.

Fizeram essas alterações para facilitar a história? Para ser um produto mais simplificado atingindo melhor o público infantil? Não sei. Porém, ficou bem abaixo do que poderia ter sido.

Já que Astro Boy é um dos filmes que está na pré-seleção, de 20 filmes, para o oscar, na qual restarão 5, duvido que ganhe de Ponyo ou mesmo de Up! Altas Aventuras. Com a história original seriam outros quinhentos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: