Publicado por: Diéfersom | 05/02/2010

[Review] Black Kamen Rider (parte I)

Vou comentar sobre os 12 primeiros episódios da série, ou seja, até Issamu conseguir a Lord Sector, ou Road Sector.

Como já comentei anteriormente, aqui, o ‘tom’ de BKR (Black Kamen Rider) é um pouco mais dark. Esse ponto já deixa claro que muitas situações apresentadas ganham um sentimento tenso propício. Se você é raptado por um monstro mutante de uma seita que quer eliminar a maior parte da população da Terra, o troço tem que ser no mínimo tenso. Claro, tudo vai dar certo no final, mas não sem antes criar aquela expectativa do tipo: “bah e agora meu?

Como eu já comentei, se já no primeiro episódio o mocinho é perseguido por monges mutantes flutuantes e com raios laser acoplados nos olhos; é submetido à uma operação juntamente com seu irmão de criação, que tem as memórias apagadas; descobre que seu pai trabalhava para os vilões e que ele mesmo o ofereceu para a cirurgia; e que agora passa a ser um ‘homem mutante’ se pode esperar tudo dos outros episódios.

Esse padrão deprê de perder o irmão e tudo mais acaba ficando em segundo plano depois dos primeiros episódios e volta à pauta lá pelo 10.

Os efeitos especiais são, obviamente, simples para o padrão de hoje. A utilização de muitas camêras rodando a cena invertida para criar efeitos de saltos prédio acima, quando na verdade foram gravadas prédio abaixo e etc. são óbvias e divertem até que nos acostumemos ao padrão.

Na verdade não vejo isso como um ponto negativo. É interessantíssimo, tecnicamente falando, ver a criatividade e a trabalheira que esses japas tiveram para gravar uma série desse porte. Com certeza o pobre dublê passou por maus bocados gravando saltos várias vezes até que ficassem bons o suficiente. Ver cenas que normalmente são gravadas com cabos ou CG serem feitas na raça faz com que essas décadas de melhorias técnicas não importem tanto.

Issamu Minami é um personagem super carismático, a impressão que me passa é a mema que o Jaspion passava. Comparação falha, mas válida.

A organização Gorgom começa com um ritmo interessante, mas devo admitir que ali pelo episódio 12 você já não confia mais tanto na competência dos ditos cujos. Mas, como todos sabem o clima deve mudar com o término e aparição de Shadow Moon.

Como vi a versão dublada não posso deixar de comentar o bom trabalho do, então novato, Élcio Sodré. Cecília Lemes também faz muitas participações dublando personagens femininas que aparecem pontualmente nos episódios.

Até então eu não tinha tanta vontade de assistir aos Tokusatsu que marcaram a infância. De alguma maneira eu pensava que poderia estragar aquela boa e velha impressão, já que depois de assistir à tanta coisa desses últimos anos, pelo menos, um pouco mais chato a gente fica. Mas dei com os burros n’água felizmente. Black kamen Rider tem sido tão proveitoso quanto foi Garo, e por ser mais antigo que esse ganha uns pontinhos a mais.

A trilha sonora é interessante. A abertura é boa , apesar de eu não gostar do clipe; o encerramento é fenomenal em todos os aspectos. As musicas de batalha fazem bem seu papel e as outras musicas são boas. Exatamente o que se espera de trilha sonora de um clássico.

Com um clima interessante, um protagonista carismático, e algumas doses de drama Kamen Rider mesmo utilizando o esquema clássico de um vilão por episódio, os grandes chefes do mal fugirem ao primeiro sinal de perigo, alguns planos maléficos idiotas a série consegue, e muito, divertir. Com certeza as próximas ‘fases’ vão caminhar para um crescente de qualidade na história!

“Lute Black Kamen Rider, guerreiro da Justiça!”

Anúncios

Responses

  1. […] viu as primeiras impressões sobre Black estão aqui, um review dos 12 primeiros episódios está aqui, e o completo se encontra […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: