Publicado por: Diéfersom | 01/02/2011

CLAMP e o amor platônico

Quem nunca gostou de uma outra pessoa e, independente do motivo, guardou esse sentimento para si? Um amor que existe apenas no campo das ideias, sem que se torne algo efetivo? Aquela velha história infantil de ter uma “namorada” sem que a outra pessoa sequer saiba.

O interessante é que esse tipo de amor é muito utilizada pelo grupo CLAMP. Em maior ou menor grau vemos amores platônicos dos mais variados tipos. Nas séries X 1999 e Sakura Card Captors temos um sem número de relações desse tipo.

Questão de cultura, estilo ou um ideal das garotas da CLAMP?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: