Publicado por: Diéfersom | 01/02/2011

O dilema do clone

Todas as pessoas que conheço e que tiveram contato com o anime Zatch Bell o odeiam. Os adjetivos negativos são muitos. Mas eu gosto dele, sabe o motivo? É divertido.

Cópia? Sem originalidade? Clone mal feito? Pode ser tudo isso, não
tenho como discordar que este anime em específico bebe das fontes de Pokemon, Digimon e de todos os clichês nipônico-infantis (amizade, superação…).

Digimon, Monster Rancher, Medabots, Angelic Layer, Zatch Bell, até Bucky toscamente foi considerado plágio de Pokemon (fora uma dezena de animes que não conheço, não lembro ou não vi…). Mas, o que fazer com isso? Colocar todos numa vala comum e ignorar?

Hoje em dia é quase impossível criar um anime que cheire a algo novo. Na boa, nestas décadas de animação niponica e estadunidense muita coisa foi criada e utilizada. Ninjas, piratas, samurais, andróides, mechas, sensitivos, espíritos, ki, armas loucas, cartas mágicas, peões, demônios, livros de Shinigami, viagens dimensionais, viagens no tempo, guerras, armaduras, dramas mexicanos, lobos, boxe…

Como fazer uma história sem que alguém não a compare com outra já existente?

Então o que fazer com esse dado?

O que Zatch Bell me ensinou?

Que para além da originalidade existe algo que chamo de fator ‘diversão’. O anime te diverte? Se é uma série infanto-juvenil, te faz rir e passar o tempo? Os episódios conseguem cumprir ao que se propuseram inicialmente? Se sim, aí está. Zatch Bell muito provavelmente não quis ser original, e não foi. Claymore não quis fingir que era algo totalmente diferente de Berserk. Bleach e Naruto não tentaram recriar o Shounen. Cada uma dessas séries pegou uma ideia e seguiu em frente com um objetivo próprio, e acredito que seja isso que deva ser analisado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: